7 de jul de 2018

Desenvolvendo o Amor pela Leitura



Muitas pessoas me perguntam como eu consigo ler tantos livros em um mês, ou me perguntam como fazer para criar o hábito da leitura, ou ainda, tem aqueles que acham estranho todo esse meu amor pela leitura, afinal, hoje em dia, o que não falta é entretenimento.

Meu amor pela leitura começou na infância. Incentivada pela minha mãe e outros familiares, eu descobri nos livros, um universo maravilhoso. Vivo inúmeras vidas a cada livro lido, a cada página virada. Conheço lugares, viajo no tempo, aprendo mitologias, desvendo magias, vivo aventuras, dentre outras coisas, tudo isso, em questão de horas e sem gastar quase nada. Afinal, eu só tive que comprar mais um livro (isso quando compro, pois não é difícil conseguir emprestado).

Por fim, como é possível gostar tanto de ler e como desenvolver o amor pela leitura?

Não existe nenhuma regra mágica, o primeiro passo deve ser dado por você. Se realmente quer entrar nesse maravilhoso mundo dos livros, comece primeiramente lendo o que gosta, o que tem mais afinidade e interesse, e aos poucos encare outros gêneros. Por exemplo, eu sempre tive um pouco de medo de ler terror, porém, atualmente, eu tenho me permitido a tentar esse tipo de leitura e tenho gostado (apesar de ainda ficar com medo). Perguntei para pessoas que gostam desse gênero, quais livros me recomendariam e expliquei a minha “aversão”, expliquei que queria começar aos poucos… Pode ter certeza, ninguém que ame tanto a leitura irá te “zoar” com isso, pelo contrário, os verdadeiros amantes literários irão querer que você mergulhe nos livro assim como eles.

Não se force a ler algo que não goste. Apesar de muitos dizerem que é preciso ler a obra até o final para dar seu parecer e assim conhecer outros gêneros. Quem está começando, não deve se obrigar a continuar uma leitura que não está sendo apetitosa, pois gerará em seu interior, uma aversão. Ao invés de começar a ler por prazer, o fará por obrigação, desgostando assim, cada vez mais da leitura e criando certo bloqueio.

Ler não é uma competição. Só porque aquele seu amigo leu dez livros em um mês e você dois, isso não quer dizer que ele é melhor ou pior que você. Ler é algo muito pessoal e você não deve se forçar a ler mais livros ou até mesmo a gostar de um título que está muito popular. Leia porque ama fazer isso e nunca se compare a ninguém.

Desenvolva uma rotina de leitura. Separe um momento do dia para ler em um cantinho só seu, pode ser dez, quinze ou trinta minutos. Com o tempo, você lerá cada vez mais rápido e nem mesmo perceberá que leu por muito mais tempo do que estava acostumado.

Sempre tenha um livrinho à mão. Afinal, o trajeto do trabalho até em casa, ou numa sala de espera de um consultório médico, ou até mesmo no intervalo do almoço, são ótimas oportunidades para desenvolver o amor pela leitura.

E o mais legal de tudo, participe de atividades em grupos. Clube do livro, Leitura coletiva para aquele livrinho que você só está procrastinando, enfim, são ótimas oportunidades para desenvolver ainda mais o seu amor. Apesar de ler ser uma atividade individual, debater e conversar sobre o livro lido com outras pessoas que também leram, pode ser muito interessante e divertido. Sei que muitas vezes é difícil encontrar um grupo presencial para uma leitura em conjunta, mas para isso que existem as redes sociais. Vamos aproveitar esta ferramenta e ler muito mais!

Ler tem que ser prazeroso. Muitas pessoas dizem que não gostam por conta dos livros que foram obrigadas a ler durante o período escolar. Entretanto, essas instituições querem controlar a leitura dos seus alunos e você deve ter em mente que esses livros não representam todos os tipos de obras literárias disponíveis. Se você leu algo que não gostou, procure outros gêneros, outros estilos, ouça opiniões de amigos, diversifique. Afinal, você nunca vai saber quando poderá encontrar aquela paixão literária caso não tentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CantinhodaAmiga

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...