23 de abr de 2018

Resenha: Se eu Ficar

Título: Se eu Ficar
Autora: Gayle Forman
Número de Páginas: 224
Nota (0 a 5): 5

Agora, a resenha!


Comprei este livro após ver o filme e adorar! Meu raciocínio era claro: Se o filme é muito bom, o livro vai ser melhor ainda. E eu não estava errada. O livro foi mil vezes melhor.

“Se eu ficar” nos traz um assunto bastante delicado: a morte; Entretanto, nos faz refletir sobre inúmeras questões… Em como a linha da vida é frágil. Em um momento estamos aqui, outro, podemos simplesmente desaparecer, deixando para trás apenas lembranças e marcas do que um dia nós fomos.


Era um dia como outro qualquer, um passeio de carro com a família… Em um instante Mia está lá, ouvindo música em seu fone de ouvido, e no outro, tudo o que ela pode fazer é assistir os esforços dos médicos para salvarem a vida de quem ama. Mas não é somente dos pais e do irmão, a vida dela também está em jogo.

Mia, uma menina de dezessete anos, terminando o ensino médio, pronta para entrar em uma faculdade de música, afinal, ela tocava violoncelo maravilhosamente bem, namorada de Adam, vocalista de uma banda de punk-rock, amiga de Kim, uma garota que todo mundo sonha em ter como melhor amiga e com uma família também incrível. E de repente tudo muda, deixando apenas duas alternativas…

Mia agora terá que refletir e compreender tudo o que se passou em sua vida, antes e depois do acidente. Ela precisa fazer uma escolha, a escolha mais difícil de todas: Continuar viva ou Seguir em frente.

O livro é fantástico e emocionante. Faz-nos pensar no que deixamos para trás, quem estamos ou não valorizando, em como estamos vivendo cada minuto de nossas vidas. Cada virar de páginas é comovente, e nos capítulos do acidente, consegui visualizar a cena em câmera lenta, chegou a ser agoniante, mas incrivelmente bom ao som da música clássica.

Outro ponto positivo é as referências musicais. Mia, por tocar violoncelo, músicas clássicas. Adam, músicas mais agitadas.

Por fim, recomendo a todos que queiram ler algo emocionante e reflexivo. O livro vai trazer uma experiência extrassensorial, afinal, Mia mesmo em coma consegue ouvir e ver todos, fora do seu próprio corpo. Pode ser incomodo para alguns, mas funcionou perfeitamente bem para mim.  A narrativa de “Se eu Ficar” é fluida, trazendo assuntos sobre união, família, amizade e principalmente, amor incondicional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CantinhodaAmiga

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...