22 de jun de 2017

Resenha: O Orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares

Oláaa galerinha...

Hoje trago mais uma resenha aqui no blog. Espero que gostem.

Título: O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares
Autor: Ransom Riggs
Número de páginas: 336
Editora: Leya

Sinopse: Tudo está à espera para ser descoberto em "O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares", um romance que tenta misturar ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas.

Vamos para resenha??


RESENHA:

Tudo começa com uma tragedia na vida de Jacob quando o seu avô morre misteriosamente. Para Jacob, um monstro o matou, para a família, foi um animal selvagem. Isso o faz a levar a clinicas de psiquiatria e terapia. 

Logo no inicio do livro, é mostrado o relacionamento de Jacob com o seu avô desda da infância e apresenta um conflito principal: crianças peculiares existem ou eram apenas invenção de seu avô?

A confusão de Jacob e suas variadas dúvidas, o levam para o país de Gales (onde seu avô passou a maior parte de sua infância), para esclarecer de uma vez por todas as histórias que o avô contava e sanar todas as questões. Lá, ele começa a desvendar sua essência e o passado de seu avô.

O que deixou um pouco a desejar, é o fato de Jacob mudar de personalidade tão drasticamente. O que a principio era um jovem ansioso, cheio de traumas, no decorrer da história ele transforma-se em um personagem heroico e seu drama emocional desaparece. 

Por se trata da jornada do herói, sinto que enquanto algumas coisas da história se passou muito rápido, outras foram demasiada lentas. Com inicio impactante, o desenrolar da história não deslancha, torna-se cansativa e o autor do livro esforça-se em momentos de tensão, no entanto sem brilhantismo.

O livro tem um designer incrível, as fotografias dão a sensação de realidade, de que o orfanato realmente existiu. A ambientação é fascinante, deixando a entender que Cairnholm é uma ilha real e não fictícia. Minha versão é a de capa dura, faço questão de ter os melhores livros. Comprei a coleção inteira em capa dura, poderia ter economizado se tivesse utilizado um cupom desconto na cupomvalido

O que achei?

Sinceramente eu esperava mais do livro, principalmente quando Tim Burton elogiou a história e a mesma foi adaptado para o cinema. Assisti o filme e gostei, o que me fez procurar o livro (que geralmente é muito melhor). O livro incia-se bem envolvente, porém, com o desenrolar, torna-se cansativo, o que me fez desistir de ler diversas vezes. Mas como sou persistente, li até o final. Felizmente o final volta a se tornar um pouco mais cativante, no entanto, não foi o suficiente para terminar a trilogia (ainda espero terminar). 

Espero não ser linchada por essa crítica, pois muitas pessoas amaram o livro. Entretanto é só uma opinião pessoal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CantinhodaAmiga

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...