7 de jan de 2015

Resenha: Se houver amanhã

Hoje vim falar do livro: Se houver amanhã - Sidney Sheldon. Esta capa, é uma versão bem antiga, o livro era de capa dura e bem encorpado. É a versão que tenho.


Título: Se Houver Amanhã
Título OriginalIf Tomorrow Comes
Autor: Sidney Sheldon
Editora: Record
Número de páginas: 392 (nesta versão)
Ano: 1987
Sinopse: Crimes perfeitos, como o roubo de um quadro de Goya do Museu do prado, são um desafio para Tracy Whitney. Mas ela não é uma ladra qualquer: para vingar-se dos homens que a colocaram injustamente na prisão, Tracy torna-se uma especialista em aplicar golpes em empresários inescrupulosos. De Nova Orleans a Londres, passando por Paris, Biarritz, Madri e Amsterdam, ela desafia a Interpol com uma série de ações ousadas, tendo como rival apenas Jeff Stevens, um irresistível trambiqueiro.

O que achei?


Um dos meus livros favoritos! Sou apaixonada por este autor e os seus livros são Brilhantes! Pode ter spoilers.

Quem está acostumado com os livros de Sidney Sheldon, deve ter percebido que suas personagens, são sempre mulheres fortes, bem sucedidas e bonitas, e como todo ser humano está sujeito a erros. Tracy, personagem principal da história, foi mais vítima do destino do que dos seus próprios atos, ela era uma mulher normal, com um emprego estável no banco, com uma casa linda, se descobre grávida pelo o homem que ama e está prestes a se casar, até que um terrível incidente acontece, quando a sua mãe se suicida, transformando drasticamente sua vida quando é acusada de um crime que não cometeu. Além de acabar de perder a mãe, Tracy vai parar na prisão, condenada por 15 anos, enganada por uma grande máfia.

 O livro é dividido em três partes, a primeira parte, conta sobre sua vida normal antes da prisão, a segunda parte conta sobre sua trajetória na prisão e a última parte conta suas voltas às ruas. Cada parte é fascinante, trazendo um novo olhar de Tracy, aparentemente inocente, mas ganhando forças e garras conforme se desenrola a trama.

Na primeira parte do livro, Tracy só perde: perde a mãe, o noivo, no qual acreditava estar apaixonada, e se ver indo presa por um crime que não cometeu.

Na segunda parte, após Tracy sofre no inicio do processo da prisão, com o tempo, ela cria forças e resolve provar sua inocência a qualquer custo, vingar pela a morte da sua mãe e também dos responsáveis pela a sua prisão. Ela não tem nada a perder, afinal ficou bastante tempo na prisão para refletir como irá se vingar e provar sua inocência, além de ter se tornado uma mulher mais forte, decidida e desconfiada de todos a sua volta.

Na terceira parte, finalmente livre e isenta, finalmente entre em prática todos os seus planos. Ela teve muito tempo para pensar e para não cometer nenhum erro.

Mas isso não é o fim de tudo, isso é apenas o principio de sua história. Após ter saído da prisão, mesmo livre de todas as acusações, não consegue voltar a vida que tinha, ninguém quer a empregar, seu currículo ficou com uma mancha irreparável. Então, ela se lembra de um nome que uma detenta lhe entregou em um papel, para caso ela não consiga voltar a sua vida normal de antes. Esse encontro, muda a sua vida mais ainda e para sempre. Em sua primeira missão, ela conhece Jeff Stevens, nosso mocinho, cheio de charme, um personagem fascinante. Ele e Tracy têm uma relação de amor e ódio, desde o principio, como cães e gatos, por serem rivais nos negócios, isso só torna a história cada vez mais fascinante. Jeff é um personagem cativante, que também teve seus altos e baixos igual a Tracy, Apesar de toda rivalidade, chega um determinado momento que eles precisam se unir contra um inimigo em comum, Daniel Cooper, um personagem louco e possessivo,  que fez do seu objetivo de vida capturar Tracy e Jeff, os maiores ladrões de arte e jóias de toda a Europa. Em uma disputa audaciosa, Jeff e Tracy, se superaram a cada novo trabalho, ao mesmo tempo em que tentam não ser capturados. 

O desfecho dessa história é surpreendente. Quem conhece o autor, sabe que a cada momento ele nos surpreende, e essa história não fica para trás. É um livro cheio de mistérios, trama, e aventuras, no qual vale muito a pena ler, e os roubos de Tracy são incríveis, é interessante torcer para um personagem não comum.

Li em 4 dias (na primeira vez que li), e recomendo para pessoas que não tem receio de cenas fortes, palavreados sujos, mas que amam livros que tem um bom desfecho (apesar de tudo).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CantinhodaAmiga

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...