4 de jan de 2015

Resenha: Belle - Lesley Pearse

Boa Tarde galerinha...

Essa é a minha primeira resenha, e como disse, estou fazendo as resenhas de acordo com os livros que li recentemente para os mais antigos. 

Colocarei a sinopse, e abaixo minha opinião pessoal (cuidado que pode ter spoiler).


Título: Belle
Título Original: Belle
Autora: Lesley Pearse
Editora: Novo Conceito
Nº de páginas: 560
Onde Comprar? Submarino , Saraiva
Sinopse: Londres, 1910.
Belle, de 15 anos, viveu em um bordel em Seven Dials por toda sua vida, sem saber o que acontecia nos quartos do andar de cima. Mas sua inocência é estilhaçada quando vê o assassinato de uma das garotas e, depois, pega das ruas pelo assassino para ser vendida em Paris.
Sem poder ser dona de seu próprio destino, Belle é forçada a cruzar o mundo até a sensual Nova Orleans onde ela atinge a maioridade e aprende a aproveitar a vida como cortesã. A saudade de casa — e o conhecimento de que seu status como garota de ouro não durará muito — a leva a sair de sua gaiola de ouro.
Mas Belle percebe que escapar é mais difícil do que imaginou, pois sua vida inclui homens desesperados que imploram por sua atenção. Espirituosa e cheia de desenvoltura, ela tem uma longa e perigosa jornada pela frente.
A coragem será suficiente para sustentá-la? Ela poderá voltar para sua família e amigos e encontrar uma chance para a felicidade?
Autora # 1 bet-seller, Lesley Pearse criou em Belle a heroína de nossos tempos: uma mulher forte que luta por seus direitos em um mundo perigoso.

O que eu achei?

Amei o livro! Foi o livro que consegui bater o recorde em rapidez de leitura. Li em aproximadamente dois dias e meio. Fantástico!

Acredito que a autora desse livro tem um dom, um dom de deixar o leitor ao mesmo tempo apaixonados pelo os personagens, mas também os deixa destruídos. A gente, passa a se importar com o personagem. É estranho, porém admirável.


Vou falar um pouco do livro agora, ok?

Belle é um livro que mexe com todas os sentimentos do leitor, você ama, odeia, rir, chora, se decepciona, emociona, e ao mesmo tempo revela uma brutalidade porém real. Se tem coragem e psicológico suficiente para ler este livro, você vai amá-lo, se não, não vai passar do capitulo cinco, que é quando a história realmente começa.

Belle Cooper é uma garota de 15 anos que vivia em um bordel sem saber de fato o que acontecia nos quartos. Não tinha ideia do que uma prostituta era, só entendia que era uma palavra ofensiva. Sua mãe Annie, sempre a privou da verdadeira realidade, e deixava Mog (uma espécie de segunda mãe para Belle), tomar conta dela e esconder o que de fato acontecia nos quartos a noite. Belle aproveitava nas manhãs para passear nas ruas em Seven Dials (Arredores de Londres), pois se sentia muito sozinha na sua "casa", e um belo dia conheceu Jimmy Reilly, um jovem de quase a mesma idade, órfão que foi morar com o tio Garth Franklin, dono de um pub local. Uma bela amizade inocente nasce daí.

Belle tem sonhos como qualquer outra garota da sua idade, casar, ter filhos e ser dona de uma boutique de chapéus. Porém, esses sonhos são destruídos na noite em que presencia um assassinato de uma das garotas que trabalhava com a sua mãe. Assustada, e agora entendendo o verdadeiro significado de bordel e prostituta, ela sai correndo do local do crime, mesmo sabendo que o assassino a tinha visto. Com medo de que ela o denunciasse, o assassino, Kent, dá um jeito de mandá-la para a França, a vendendo para um outro bordel.

Este sequestro, muda toda a vida de Belle. Após se vendida como uma mercadoria para um bordel da França, onde não conhece o idioma e ainda sofrer todos os tipos de abusos até ser enviada para um hospital clandestino, ela conhece Lisete e Etienne, no qual ele ao mesmo tempo ser o seu carrasco, também foi o seu herói.

Nesse meio tempo, Mog contrata os serviços de Noah, investigador e jornalista, um dos clientes de Millie (a assassinada), no qual ele era apaixonado, enquanto a policia faz "corpo mole" em relação ao sequestro.

Belle, já recuperada, é vendida para um bordel em Nova Orleans, uma cidade nos Estados Unidos, sensual e cheia de mistérios, mas ao mesmo tempo perigosa. Lá, ela descobre os prazeres da vida e seu real poder de sedução, já aceitando que a sua "inocência" já havia sido perdida. Contudo, isso faz com que ela fique ainda mais inconformada por não ser dona do seu próprio corpo, o que a leva a seguir caminhos arriscados, porém sem nunca desistir da sua liberdade e dos seus sonhos.

A trajetória da protagonista de Nova Orleans até que consiga voltar para casa, com dinheiro e com tudo para montar a loja dos seus sonhos, demora uns dois anos e tem muitas reviravoltas. Tem horas que você pensa que está tudo indo bem, mas aí a autora te joga para um novo turbilhão de sensações e emoções.

Não vou falar mais, pois acredito que já dei muitas dicas do livro e revelei muitas coisas. Se gostou, leia e aproveite um bom livro.

É um livro de muitas contradições, ele é tenso, porém é terno. Mostra que existem pessoas mesquinhas e egoístas, e que não devemos confiar em alguém até ter absoluta certeza de que se é confiável. A autora, mostra o lado bom e ruim das pessoas em diversas situações. Mostra que as vezes as pessoas não são o que elas dizem ser, mas também mostra que algumas foram sujeitadas a esse tipo de ação. 

Não é um livro somente de desgraças, fala muito sobre o amor, a esperança e a força e a coragem para conquistar nossos sonhos. As vezes, esses ingredientes é o único luxo que podemos ter. É um livro que basicamente fala sobre tudo.

Recomendo para pessoas que não tem o preconceito de leituras (o livro fala do mundo real em que vivemos), nem receio de cenas fortes (tem muitas...). É um ótima história, de nada me desagradou. Pode ser um pouco grande, mas não é cansativo. 

E aí? Já leu? Pretende ler? O que achou da primeira resenha? Deixem seus comentários!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

CantinhodaAmiga

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...