4 de set de 2014

Para trazer a boa sorte!

para trazer sorte, poema da sorte, bruxa
Esse poema (ou poesia, não sei a diferença) já foi bem rodado na internet, porém os últimos versos eu modifiquei. Espero que gostem!

Olhos de sapo, patas de rã, 
que tenham sorte todas as manhãs!

Asas de morcego, baba de lombriga, 
que sempre estejam de bem com a vida!

Patas de hipopótamo, couro de dragão,
que nada machuque o seu coração!

Dentes de cobra, ossos de urubu,
saibas que gosto muito de tu!

Unhas de gato, penas de galinha,
que sempre estejas de bem com sua vizinha!

Prometa:
Vassoura, vassourinha,
que cada ano eu esteja mais bonitinha.

Sapo, Sapinho,
que nunca acabe meu perfume e meu batonzinho.

Caldeirão, caldeirinho,
que haja abundancia de dinheirinho.

Se a boa sorte eu queres alcançar,
aos 4 ventos eu irei recitar. (parte modificada)

6 comentários:

  1. Adoro esse poeminha/feitiço que você escreveu, eu sempre fico sorrindo por causa dele! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também amooo...
      Sei lá, parece que trás uma energia boa e ao mesmo tempo infantil (não que seja ruim), mas boa... Uma calma!

      Excluir
  2. Haha que bacana, achei muito bonitinha! :)

    ResponderExcluir

CantinhodaAmiga

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...